Notícias

SICIDETO CONSEGUE APOIO DOS VEREADORES DE ARAGUAÍNA



  A audiência pública oficiada (oficío 073/2018 SICIDETO) naa semana passada, teve como primeiro a usar a tribuna, a convite do presidente Ferreirinha, o Dr. Ricardo Camolesi, que fez um relato ao público presente e Vereadores, sobre os motivos do pedido. "após informações sobre o pronunciamento do secretário nesta casa de leis, falando em mudanças para o CEO e Plantão Odontológico, mobilizamos a Classe Odontológica para que tomassemos providências, a mais de vinte e cinco anos, quando cheguei aqui o Centro Odontológico já funcionava no centro da cidade, com o tempo os serviços foram ampliados, em 19 de maio de 2004 foi promugada a nº 2.217 de autoria do Vereador Raimundo Palito (Presidente da Câmara) criando o pronto socorro odontológico 24h; no mesmo ano Araguaína recebia o CEO - CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS e o Prêmio Brasil Sorridente por exelência dos serviços na Odontologia do SUS" disse o presidente do SICIDETO.



 

   "Hoje nos deparamos com a atual situação, seviços ameaçados, e acreditando que a localização é fundamental para o atendimento, visto que Araguaína é uma cidade continental com muitos problemas no tranporte coletivo e que tal mudança prejudicará os usuários do SUS estamos aqui para pedir o apoio dos Nobres Vereadores, ainda como conselheiro estadual de saúde tenho compromisso e defendo o SUS, venho aqui em nome dos Cirurgiões Dentistas, e digo mais, com certeza em um Estado 95% SUS dependente não podemos deixar os serviços acabarem, precisamos é amplia-los". O presidente do Sindicato falou também que a motivação para a mudança seria de ordem econômica e citou o seguinte, "querem ocupar o prédio do CEO com outras repartições públicas,  por exemplo o Cerest; porque não utilizam o prédio próprio do Cerest que está abandonado lá no Entroncamento perto da Feira" questionou Dr. Ricardo. 

  Na sequência Dra. Sheyla Mácia usou a tribuna emocionada falou dos serviços prestados no CEO, dos mais de 18.000 atendimentos ano, e das necessidades que a população passa quando o atendimento não existe. Citou caso de um jovem que veio a óbito no HRA, por falta de atendimento especializado em seu município.

   Os pronunciamentos dos Vereadores iniciaram e as informações de que o atual prédio do CEO (próprio e localizado no centro da cidade) seria ocupado por outros serviços e que por questões econômicas o CEO iria para a FACIT, e o Plantão Odontológico para UPA. Essas Informações foram confirmadas em plenário pelo Líder do Governo Vereador Gipão que afirmou ainda o seguinte: "o secretário de saúde não compareceu por motivos de saúde, muito gripado" e segundo Gipão ele disse também o que ,justificaria a mudança seria a diminuição de despezas, ainda segundo o secretário " o CEO hoje gasta R$ 123 000,00 mês e que na FACIT da Avenida José de Brito tem 80 consultórios para melhor atendimento da população, enquanto o CEO tem 8 consultórios somente", e disse mais, que a verba que vem do Governo para o CEO é R$ 23 000,00 mês.

  O Vereador Profº Delan usou a tribuna e se posicionou contrário a mudança, segundo Delan as demandas não atendidas nas UBSs vão para o CEO/PLANTÃO, ''verifiquei a falta de manutenção nos consultórios de algumas UBSs: José Ronaldo, Setor Couto... e as demandas foram atendidas no CEO".


  

O Advogado do CRO-TO Dr. José Jackson Pacini Leal Júnior, representou a entidade na audiência pública. Os Cirurgiões Dentistas especialistas do CEO também estiveram presentes juntamente com alguns representes do Plantão Odontológico.

O Vereador Terciano também manifestou-se contrário a ideia, disse que em respeito ao trabalho dos Dentistas e os serviços prestados no CEO, "no projeto do CER/CRER o CEO faz parte como obrigatório, portanto não pode acabar. Vereador Divino Bethânia comentou que a outra parte deveria estar presente, discutir só com um lado não traria a solução, gostaria de resolver na hora o problema, também reconhece a importância dos serviços.





Vereador Joaquim Quinta Neto, lembrou que quando foi secretário, e que os assuntos com o SICIDETO foram resolvidos na mesa de negociações, com um bom diálogo e que acredita que esse assunto também poderá ser resolvido.

Enoque Neto se manifestou totalmente contrário a mudanças, elogiou os serviços e disse estar com a categoria e que desde quando está na Câmara nunca ouviu sequer uma reclamção do CEO, só elogios. Vereador Wagner Enoque descreveu exemplos da utilidade dos serviços no CEO, apoiador de um centro de reabilitação de dependentes químicos, disse que os dependentes químicos são muitas vezes encaminhados para tratamento lá e são muito bem atendidos e vê o CEO como centro de referência sendo contrário as mudanças.





A ideia do Vereador Gideon foi de se formar uma comissão com dois Vereadores, Gestão e Sindicato para resolver com agilidade o assunto. Mané Mudanças, lembrou que o CEO foi criado na época da prefeita Valderez e que o Governo do Estado repassa a contrapartida para os serviços. Vereadora Silvinia lembrou que o CEO faz parte do Programa Brasil Sorridente do Governo Lula e que também é contrária a mudança.

Vereador Geraldo Silva, citou a parceria da Facit com a comunidade do Novo Horizonte que a população dos assentamentos também é atendida lá devido a distância para o Centro, mas não apoia a mudança do CEO, bem localizado.





Ao final da audiência o presidente Dr. Ricardo Camolesi agradeceu mais uma vez ao presidente Ferreirinha pela atenção e resposta imediata a demanda da Classe Odontológica, Vereadores, Cirurgiões Dentistas e público em geral; concordou com a criação da comissão e disse aguardar contato para que logo a questão se resolva, também fez frizou que nunca recebeu sequer uma resposta oficial da secretaria municipal de saúde aos ofício do SICIDETO protocolados e que o oficío sobre o assunto da audiência também foi protocolado lá. Encerrou dizendo que saúde pública não deve visar lucros e sim o atendimento aos usuários do SUS e que continuará defendendo os 26 Cirurgiões Dentistas do CEO, assim como os demais do Estado, pois o SICIDETO tem carta sindical e é o único representante legal para a defesa dos Cirurgiões Dentistas.


FONTE: SICOM - SICIDETO







  • SICIDETO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

  • SECAD RESPONDEU AO SICIDETO

  • AUDIÊNCIA PÚBLICA DA MP 02, PROPOSTAS CONCRETAS NÃO DISCUTIDAS